1. Lisboa

O tempo parece que parou…suspenso nos andaimes ao fundo. A partida está por um fio no dia 31 de Julho de 1965.

A muito custo o rebocador lá vai puxando um ror de emoções.

A caminho.
A passagem sob “os braços da medusa” irá deixar marcas em todos.

Anúncios

Uma resposta to “1. Lisboa”

  1. J.Rodrigues Says:

    Camaradas
    Eu sou um entre muitos que também embarcaram naquele dia 31 de Julho de 1965 no Niassa rumo à Guiné.
    Hoje ao ver estas fotos chorei de emoção, porque recordei com saudade aquele dia. Sou um dos “cacimbados pela Guiné”, pois não há dia nenhum em que não pense nos bons (e maus momentos), por lá vividos. Não dou por mal empregue esse tempo, pois aprendi a ser mais homem, a saber o que é a amizade, solidariedade e tudo o mais que formam um homem de carácter.
    Não me alongo mais e aqui deixo saudações cordiais.
    Do Furriel de Transmições da CCAÇ 1419.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: