Bissorã

A tasca do senhor Maximiano.
(foto do Ex-Fur Mil Geraldo da CART 643, gentilmente cedida por Rogério Cardoso (ex-Fur Mil, CART 643/BART 645, Bissorã, 1964/66) aqui: http://blogueforanadaevaotres.blogspot.com/2010/03/guine-6374-p5921-notas-soltas-da-cart.html)

A Estação dos Correios.
(foto do Ex-Fur Mil Geraldo da CART 643, gentilmente cedida por Rogério Cardoso (ex-Fur Mil, CART 643/BART 645, Bissorã, 1964/66) aqui: http://blogueforanadaevaotres.blogspot.com/2010/03/guine-6374-p5921-notas-soltas-da-cart.html)

bissora19_ponte

A ponte sobre o rio Armada vista do lado de Bissorã, ao fundo a “tabanca” da Outra Banda.
(foto gentilmente cedida por Carlos Fortunato, ex-Fur Mil – CCaç13, Leões Negros; original em http://leoesnegros.com.sapo.pt/)

bissora18_escola

A fachada da Escola Primária.
(foto gentilmente cedida por Carlos Fortunato, ex-Fur Mil – CCaç13, Leões Negros; original em http://leoesnegros.com.sapo.pt/)

bissora17_talho

Vista exterior do Mercado Municipal do lado do talho, onde se lê: C. M.B. (Câmara Municipal de Bissorã) – Talho.
(foto gentilmente cedida por Carlos Fortunato, ex-Fur Mil – CCaç13, Leões Negros; original em http://leoesnegros.com.sapo.pt/)

bissora16_igcatolica

A igreja católica vista da parte da frente com a cruz ladeada dos dois campanários.
(foto gentilmente cedida por Carlos Fortunato, ex-Fur Mil – CCaç13, Leões Negros; original em http://leoesnegros.com.sapo.pt/)

bissora15_ctt

O largo principal com o monumento ao centro e à esquerda a Estação dos Correios.
(foto gentilmente cedida por Carlos Fortunato, ex-Fur Mil – CCaç13, Leões Negros; original em http://leoesnegros.com.sapo.pt/)

bissora14_igmussulmana

A mesquita com os seus crescentes nos minaretes.
(foto gentilmente cedida por Carlos Fortunato, ex-Fur Mil – CCaç13, Leões Negros; original em http://leoesnegros.com.sapo.pt/)

bissora13_roncocasamento

Aspecto da rua principal onde decorria um “ronco” de casamento vendo-se ao centro empoleirada a noiva.
(foto gentilmente cedida por Carlos Fortunato, ex-Fur Mil – CCaç13, Leões Negros; original em http://leoesnegros.com.sapo.pt/)

A casa do Administrador.
No telhado vê-se pintado “Bissora”.

A praça principal e a Estação dos Correios.

Pormenor do monumento na praça principal.

Placa indicativa da saída para Este.
Mansabá – 32Km
Bafatá – 98Km

A rua principal com a Igreja à direita, encoberta pelas árvores e ao fundo a casa do Administrador.

Rua com 2 bombas de gasolina à direita.

Largo principal.

Placa indicativa na saída para Sul.
Mansoa – 24Km
Bissau – 72Km

Placa indicativa na saída para Norte:
Olossato – 18 Km
Farim – 40 Km

A tasca.

Junto às oficinas uma “Mercedes” transformada em auto-metralhadora.

Outro aspecto da “cidade”.

Anúncios

25 Respostas to “Bissorã”

  1. Eduardo Domingues Says:

    Falemos um pouco de Bissorã.
    A partir do dia 8 de Junho de 1965 a C.Caç. 816, da qual fazia parte como Furriel Milº e Comandante da 3ª Secção do 1º Grupo de Combate, deslocou-se para Bissorã onde ficou na situação de intervenção até 26 de Setembro de 1965.
    Em termos operacionais a localidade de Bissorã era aberta pelo que permitia a saída e entrada do pessoal do mato. Na zona havia 7 casas de mato: Iador, Bancolene, Biambe, Queré, Dando, Cambajo e Rua. Muito trabalho havia pela frente.
    No dia 9 de Junho tive o baptismo de fogo, na estrada Bissorã/Olossato, que juntamente com 2 secções da C.Art. 643 picamos a estrada até Maqué. A propósito, não posso deixar de enaltecer a grande capacidade operacional da C.Art. 643, nomeadamente dois operacionais que, apesar do tempo decorrido, não esqueço os respectivos nomes – Sargento Hipólito e Furriel Graça. Nunca mais os vi nem sei nada deles.
    Até agora falei um pouco de guerra, que involuntariamente vivemos.
    Entretanto devemos agradecer ao Cabral as belas fotografias aqui publicadas e que nos levam a memória até aquelas paragens de Bissorã que desejaria ver em franco progresso para bem das suas gentes que pouco ou nada contribuíram para a guerra.
    Obrigado Cabral e participantes.
    Um abraço colaborante.
    Eduardo Domingues

  2. Rogerio Cardoso Says:

    Sou o ex-furriel da cart643, talvez te lembres do homem que foi ferido com
    uma “bazukada” que bateu em mim e não explodiu, talvez o único na história da guerra, depois conto em pormenor. O furriel Graça vive perto de Sesimbra, somos visitas. O Hipólito já faleceu talvez à 25 anos. De facto a força operacional da cart643 era fantástica. Um abraço

  3. Rogerio Cardoso Says:

    A tasca era a messe de Sarg. sendo donos o Max. e D.Maria boas pessoas, a auto-metralhadora foi de minha autoria, cujo nome era a “Paulucha” nome da minha 1ª filha Nov/64, tinha no interior 1 Breda e 1 rádio, deu jeito a Daimler era um perigo (minas) muito rente ao solo.

  4. Fernando Leal Says:

    Estive em Bissorã de 1970/72 na CCS do B.Caç 2927, comandado pelo Tenente Coronel Fernando Reis Caldeira.
    Adorei ver estas fotos de Bissorã! Parabéns ao fotógrafo.
    Não quero morrer sem lá voltar. Aliás tenciono no próximo mês de Abril deslocar-me à Guiné (Sul) com amigos, e se não houver insegurança na zona, vou de certeza a Bissorã reviver aqueles dois anos tão marcantes da minha (nossa) vida!
    Prometo desde já uma extensa reportagem fotográfica de todos os sítios por onde passar.
    Apesar de todos os contras da minha longa estadia naquela terra, fiquei para sempre “enfeitiçado” por África!!!
    Cumprimentos
    F. Leal

  5. Fernando Leal Says:

    Que terá acontecido ao Cábá Santiago e Bajeba os dois chefes da milícia?
    E ao Lavinas português dono de um restaurante?
    E à Vitória, mulher do Cábá?
    E ao administrador da altura (70/72) do qual não recordo o nome?
    Na “tasca” do Sr. Maximino até não se comia nada mal.
    A do Lavinas era um pouco menos higiénica…mas as doses eram maiores e com 21 anos comíamos como “alarves”…e bebíamos melhor…
    Recordo aquela terra com memória fotográfica!

  6. Manuel Joaquim Says:

    O Manuel LAVINAS Soares, sold. inf. n.º 804/65 da CCaç. 1419 faleceu há cerca de dois anos. Soldado valente, mereceu bem a CRUZ DE GUERRA com que foi condecorado. Acabada a comissão, o Lavinas ficou na Guiné. Regressou uns bons anos depois, estabelecendo-se na área da restauração na zona do Barreiro.
    Um abraço a todos os camaradas que por aqui navegam.
    M. Joaquim, Fur. Mil. Arm. Pes. CCaç.1419 (Bissau, Bissorã – Out/65-Out./66, Mansabá)

  7. Manuel Joaquim Says:

    Caro Rogério Cardoso:

    Aqui há dias li-te a perguntares pelo que teria acontecido à tua “Paulucha”.
    Eis a resposta: clica “luisdematos.blog.com/tag/relato-66”. É doloroso recordar mas foi destruída com uma bazucada que levou à morte o seu condutor, sold. cond. auto Matos, da CCaç.1419.
    Ainda hei-de falar contigo sobre um sortudo furriel mecânico da CArt.643 que se ofereceu para integrar um pelotão da sua “643”que acompanhava (orientava) a CCaç.1419 na sua 1ª operação em Bissorã. Eu também participei nessa acção. Posso estar enganado, mas não creio. Um abraço.
    M. Joaquim, Fur. mil. CCaç 1419(Guiné 65/67)
    .

  8. Rogerio Cardoso Says:

    Caro Manuel Joaquim
    Desculpa só agora responder, o F.M. da 643 era eu, Rogério, levei com uma granada PANCEROVKA 120m/m que não explodiu. Se foste nessa operação, ainda te lembras que andámos toda a noite, fomos a uma tabanca buscar um civil, para nos indicar a c-de mato, salvo erro Jean Couteau, lá para os lados de Barro.
    Contacta comigo para rmcardoso1941@gmail.com, temos muito que falar. Sou amigo de miúdo de um elemento teu colega da 1419, que é meu vizinho, chama-se Horta mas aí tinha outro nome que de momento não me recorda, mas vou saber. O tlm dele é 968445590.
    Um abraço RC

  9. Rogerio Cardoso Says:

    Caro amigo Fernando Leal
    O administrador de Bissorã na altura devia ser o AGUINALDO SPENCER SALOMÃO, mora em Portimão, tenho o contacto dele se quiseres.
    Eu era da cart643, estivemos em Bissorã de Junho 64 até Dezembro 65.
    Por ter sido ferido a 27 de Outubro de 65, arranquei logo nesse dia para o HM241 de Bissau e depois a 20 de Nov. para o HMP.
    Um abraço RC

  10. rogerio duarte transmissoes Says:

    Também estive em Bissorã 70-72 e adorei as fotos.

  11. rogerio duarte transmissoes Says:

    Leal, meu amigo quando fores diz que se calhar também vou. O meu tlm é 917853972, liga para detalhes. Um abraço.

  12. moreira anselmo Says:

    Mais uma vez venho por este email.
    Eu Anselmo Moreira: residente em França que estive na Guiné 1965/1967 na Comp. Caçadores 1419, como soldado condutor-auto na messe dos oficiais. Gostava de encontrar os camaradas e amigos que lá estivemos e se fosse possível saber de convívio e a data.
    Obrigados ….merci bien…para me contatar o meu email: moreira.anselmo@live.fr

  13. Manuel Joaquim Says:

    Olá, Anselmo Moreira. Sou o furriel mil.º da CCaç.1419 que trouxe um menino para Portugal, o Sarrico. A nossa 1419 vai comemorar o 44.º aniversário do regresso da Guiné no próximo dia 07/Maio. O local é na vila de Arouca. A concentração será junto ao convento, edifício bem visível na vila. O almoço será no Hotel S. Pedro. Se quiseres aparecer, telefona para os n.ºs que te mandei por e-mail ou, se resolveres à última hora, aparece na mesma, há sempre lugar para mais um. Esperamos por ti! Um abraço

  14. Olá Manel Joaquim.
    Sou o Rodrigues, Furriel de transmissões e teu camarada na 1419.
    Foi com muita satisfação que li noticias tuas neste “blogue”?, e não me canso de ler reler estas e outras relacionadas com a GUINÉ, pois por mais anos que vivamos são lembranças (boas e más), que nunca mais esquecerão. Sei que tenho duas faltas de castigo, pois não pude comparecer aos nossos encontros comemorativos, mas dos quais penso não voltar a faltar. Certamente que já sabes que o Lavado faleceu, aqui lhe deixo a minha homenagem,pois era um camarada exemplar.
    Muito mais haveria a dizer, mas vamos aguardar por um próximo encontro.
    Saudações amigas do Zé Rodrigues

  15. Manuel Joaquim Says:

    Viva, meu caro Zé Rodrigues. Espero que estejamos juntos no próximo dia 19 em Monte Real no encontro da nossa CCaç.1419.

    Estou aqui, e agora, só para registar resposta ao teu coment. acima. É que só hoje dei por ele apesar de já ser bem antigo. Como digo noutro lado, muitas vezes venho aqui só para “limpar as vistas” com a beleza destas fotos e não chego aos comentários.
    É verdade Zé, o nosso amigo/camarada Eurico Caeiro Lavado “lá se foi”. Fui ao seu funeral.
    Para a semana conversamos, Espero que não faças como da última vez. Não faltes!

    Um grande abraço

  16. Áureo Fernando de Castro Goulart Says:

    Áureo Goulart – Transmissões
    Estive em Bissorã 70/72 – Gostei muito das fotos, e tenho pena de ainda nunca ter lá voltado, talvez um dia… O Rogério Duarte diz ao Leal que Talvez irá tb. Lamento mas Deus não quis, com muita pena pois era um grande Amigo. Um abraço

  17. estive em bissora , fins de 64 até meados 1965 ( companhia 730) depois fomos para jumbembem, ainda me lembro dos almoços nesses restaurante, penso que eram cabo verdianos. cumprimentos para toda a rapaziada ,. ex furriel miliciano Reis

  18. José Rodrigues Says:

    Olá Reis;
    Sou Rodrigues Furriel Miliciano transmissões da CC 1419.Estive em Bissorã cerca de seis meses,mas foi em Bissorã,que passei os melhore tempos de guerra,embora fosse já nessa altura uma zona problemática,mas havia um fascínio que nunca mais esquecerei.Sim os donos da tasca eram a Dª Maria,uma senhora excepcional,e o Sr.Maximiano um calmeirão de quase dois metros e de facto de origem Cabo Verdiana.Depois fomos transferidos para Mansabá,mas aí era tudo totalmente diferente para pior.Apesar de tudo recordo com saudades os tempoe a camaradagem e tudo o resultante de dois anos de Guiné.
    PS.a minha estadia foi de 65/67.

  19. ilidio reis Says:

    essa D Maria fazia uns frangos de caril , galinha com oleo de côco e para desenjoar atum com feijao frade, um dia eu e mais uns colegas apostamos com o Prates ” ex furriel” como ele nao comia 1/2 kilo de feijao frade com atum, nao só perdeu a aposta como teve que ir para bissau no heli num estado lastimoso, onde esteve a soro varios dias, enfim bons tempos. manga de ronco rsrsrss

  20. Lúcio mourinho Says:

    Meus amigos, foi com muito prazer que encontrei esta página, sou o Lúcio do posto rádio do STM, estive em Bissorã desde início de Outubro de 1970 até final de 1971 altura que fui chamado para Bissau, comigo estiveram também o Garcia e o Aquilino. Um grande para todos.

  21. Lúcio mourinho Says:

    Amigo Goulart penso que nós nos conhecemos bastante bem, pois o meu amigo muita vez esteve no posto rádio do STM e recordo ainda algumas lindas fotos que nos mostrou dos Açores. Abraço.

  22. santos ex sapador Says:

    leal sou o santos sapador apontador da h k 21 1ro. grupo de combate apezar de tudo ainda me lembro de andarmos perdidos no mato soudades a todos .

  23. Estive em Bissorã a montar segurança à construção da estrada para Mansoa em 72/73. A minha companhia pertencia ao Bar. CAV. 8320/72 de Bula. As fotos fazem vir recordações desse tempo. Abraço para todos do Araújo (Alf.mil.CAV.)

  24. José Incate Nanque Says:

    sou José Incate Nanque, Bissau, agradecia poder falar convosco sobre sector de bissora a riquíssima zona do país.

  25. adelino martins inacio Says:

    sou ex-furriel da comp, 643 e estou admirado com a evolução de Bissora que vi nestas fotografia e no meu tempo nem se houvia falar e camara municipal de bissora nem em talho, nem escola. a guarnição nessa altura era de uma companhia que era pau para toda a obra, tenho boas e mas recordações principalmente na estrada para o olossato que apelidados de carreira de tiro pois as emboscadas eram constantes, nao chegávamos a olossato pois tinha sido cortada a ponte e os abastecimentos eram recebidos por uma secção de um pelotão que estava no quartel do olossado de guarnição a um obus virada para uma bolanha na estrada que ia para Farim foi duro mas tudo se passou so ficando as mazelas psíquicas
    um abraço para todos que tiveram que passar por lá

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: